Espaço do Cidadão

Espaço do Cidadão

> ARTIGO

Publicado em 09/09/2016 13h10
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

O brasileiro chegou ao seu limite

Mas tem o poder de mudar com o seu voto


            Por onde eu  ando, seja qual for o interlocutor, de classe média, baixa ou o mais abastado, na cidade ou no interior, as opiniões são unânimes: nós não aguentamos mais tantos desvios, tanta corrupção! O Brasil chegou ao limite da instabilidade e os políticos, com algumas exceções, foram colocados no ralo da descrença. Vivemos dias de incerteza. Estamos às vésperas de uma eleição, onde não se vê entusiasmo, brilho nos olhos e crença nos eleitores de que dias melhores virão. Isso é péssimo!


            Neste artigo, não vou tomar partido, nem pró Dilma, nem pró Temer. Não vou entrar no mérito do ‘golpe’ ou não. Vou me ater ao sentimento do brasileiro que não aguenta mais tantos desmandos na vida pública. Quem erra, tem que pagar pelos seus atos. Não vou defender legendas, nem agentes públicos. Mas, o povo, os brasileiros e eu próprio, que apesar de exercer um mandato legislativo, não posso me eximir de opinar como cidadão que vê seu país, com enorme potencial, mergulhado num mar de lama e corrupção.


            Os eleitores têm a mais poderosa arma contra tudo isso: o voto. Sim, porque tudo começa na urna, na escolha dos agentes públicos. Uma breve pesquisa na vida dos candidatos, em suas propostas, faz uma diferença enorme em escolher bem ou eleger mal. Portanto caro eleitor, cidadão brasileiro, muitos dos quais estão indo às ruas pedir novas eleições, não deixem que comprem sua consciência. Cobre dos seus candidatos coerência, atitude, ações e projetos que beneficiem a coletividade e o bem comum e acima de tudo, ética e justiça social. No dia 02 de outubro, ao depositar seu voto na urna, se encha de esperança, porque é ali que as mudanças começarão. Só depende de você, de nós!
Artur Filho
Deputado Estadual


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share