> NOTÍCIA

Publicado em 28/02/2017 15h42
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Secretaria de Saúde confirma 20 atendimentos devido a acidente no sambódromo

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou, em nota, que 20 pessoas foram atendidas no posto de saúde do Sambódromo e nos hospitais da rede municipal, em consequência do acidente com o carro abre-alas da Unidos da Tijuca.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou, em nota, que 20 pessoas foram atendidas no posto de saúde do Sambódromo e nos hospitais da rede municipal, em consequência do acidente com o carro abre-alas da Unidos da Tijuca, quarta escola a desfilar na madrugada de hoje (28) durante o segundo dia de desfiles das escola de samba da Liga Especial.

Desse total, 12 ficaram feridos e oito receberam assistência médica no local, devido à ansiedade e ao nervosismo provocado pelo estresse em função do acidente. Nove pessoas foram transferidas em ambulâncias da Secretaria de Saúde para os hospitais municipais Souza Aguiar, no Centro, Miguel Couto, na Gávea, e Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Na segunda noite de desfiles do Grupo Especial, os postos médicos do Sambódromo e do Terreirão do Samba atenderam 598 pessoas. Dessas, 24 precisaram ser transferidas para hospitais de urgência e emergência da rede pública municipal. O número é menor do que o do ano passado, quando 670 pessoas receberam atendimento na segunda-feira de carnaval.

Os principais motivos de atendimento têm sido mal-estar em geral provocado pelo calor, traumas, pequenas lesões ortopédicas e intoxicação por ingestão excessiva de álcool.

A Secretaria de Saúde totaliza, desde a última sexta-feira (24), nas quatro noites de desfiles das escolas de samba da Série A e Grupo Especial, 1.686 atendimentos, com 72 transferências para unidades da rede. Ano passado, 1.882 pessoas foram atendidas no mesmo período nos postos médicos do Sambódromo e do Terreirão, com 59 transferências.

No total, também estão as vítimas do acidente com o carro alegórico da Escola de Samba Paraíso do Tuiuti. Três permanecem internadas: uma mulher no Hospital Municipal Miguel Couto, e duas no Hospital Municipal Souza Aguiar. As três estão no pós-operatório e seus quadros clínicos inspiram cuidados.

 

Edição: Lílian Beraldo

 

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share