> NOTÍCIA

Publicado em 12/09/2017 16h25
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Estela ressalta avanços na educação do Estado e contesta afirmações falsas

Outro ponto de crescimento apontado pela parlamentar foi a construção das Escolas Técnicas Estaduais

Por Assessoria

Durante o Pequeno Expediente desta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa da Paraíba, a deputada estadual Estela Bezerra (PSB) usou a tribuna do plenário para contestar afirmações sobre os indicadores de educação na Paraíba.


A deputada pediu a palavra no sentido de esclarecer sobre os indicadores de analfabetismo no Estado, além de apontar os avanços em toda estrutura da educação. “Nós temos na Paraíba índices de educação que são penáveis, sim, mas é necessário dizer que nesses últimos 7 anos, o analfabetismo teve uma das maiores reduções de todo  o país”.

De acordo com o IBGE, em 2011, a Paraíba contava com 22% de analfabetos em sua população. Dados da última pesquisa realizada pelo PENAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) em 2016, apontam que o Estado diminuiu essa taxa para 13%.

Estela lembrou ainda que foi na gestão do PSDB que 13 estudantes morreram depois de um grave acidente no município de Sousa, em 2006, quando eram transportados em caminhões paus-de-arara. “Foi o governo do PSB que garantiu uma frota segura e de qualidade para transportar nossos estudantes”, afirmou a deputada. A frota atual chega a quase 600 unidades de transporte escolar gratuito.


Outro ponto de crescimento apontado pela parlamentar foi a construção das Escolas Técnicas Estaduais. “Foi na gestão de Ricardo Coutinho que nós tivemos pela primeira vez a construção das escolas técnicas profissionalizantes”, disse a deputada, lembrando que a prerrogativa da educação profissionalizante é Federal. “Obviamente a profissionalização é responsabilidade da União, mas o governador compreendeu a nossa vulnerabilidade com a formação dos jovens, e tomou pra si essa responsabilidade”, disse.

Para Estela, é necessário conhecimento da realidade da nossa sociedade e do nosso estado e ao mesmo tempo, ser responsável com a verdade ao desempenhar uma atividade política. “A nós, cabe mais do que aos outros, ter a consciência e a condição de fazer uma denúncia e demonstrar que aquilo é realidade ou que temos indícios sobre o fato. Nós temos fé de ofício, e é preciso responsabilidade nas nossas falas e ações”, finalizou.

Crescimento nos índices de educação

Hoje na Paraíba, existem 6 unidades de Escolas Técnicas em funcionamento nas cidades de João Pessoa, Bayuex, Mamanguape, Cajazeiras, Cuité e São Bento. Outras 6 escolas técnicas estão sendo concluídas nos municípios de Itaporanga, Serra Branca, Sousa, Patos, Guarabira e Campina Grande.

Ao todo, a Paraíba conta hoje com 33 escolas de ensino em tempo integral, e a meta é dobrar esse número até o final de 2018.

De acordo o Ministério da Educação, o estado alcança a marca de 131 mil alunos matriculados no EJA (Educação Para Jovens e Adultos), projeto que possibilita a conclusão do ensino fundamental e médio para pessoas que estão fora da idade escolar.

Fonte: Assessoria de imprensa

tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share