Joanildo Mendes

Joanildo Mendes

Joanildo Mendes, pessoense. Formado em Jornalismo na UFPB. 1985/1989 - Jornal O Momento (Repórter, redator e editor adjunto). 1986/1990, TV Cabo Branco, (Repórter, redator, editor setorial). 1989 - Veja 28 Graus. 1990 - editor da TV Potengi/RN. 1991 - Editor TV Tambaú. 1994 - Editor de A União. 1995 – chefe de redação de O Norte. 1999 - Editor revista A Semana e redator da Arapuan FM. 1999 - Assessor Incra/NE. 2003 - Editor de O Norte e Diário da Borborema. 2009 - Diretor do Portal Fatos PB.

> ARTIGO

Publicado em 19/01/2012 20h06
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Luciano: o mal AGRAdecido?

Será que o arquiteto esqueceu a régua e o compasso de uma hora para outra? Todos sabem (até mesmo Luiza que estava no Canadá) que o atual prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, foi uma “invenção” do governador Ricardo Coutinho e que por esse motivo, em tese, deveria “fazer o que o seu rei mandar” de olhos fechados.

Mas parece que o aprendiz não gostou de ser repreendido pelo “Mago” da política contemporânea da Paraíba. De forma emotiva Luciano Agra teria colocado “o carro na frente dos bois” e desistido publicamente de ser o representante oficial do Coletivo Girassol nas próximas eleições, deixando os mais experientes articulistas políticos sem nada, ou quase nada, entender.

Uma fonte ligada ao Palácio da Redenção me confidenciou em off, é claro, pedindo reservas de seu nome, que o prefeito Luciano Agra levou um “puxão de orelhas” do governador por causa do seu desempenho pífio perante às pesquisas internas e públicas e por causa dos seus pronunciamentos em público e nas declarações dadas à imprensa.

Luciano Agra
, segundo a fonte, teria ficado magoado com a forma como foi tratado pelo governador Ricardo Coutinho e teria decidido escrever a famosa carta pública divulgada em pleno fim de semana, onde ele desistia de concorrer ao cargo de prefeito agora em 2012.

Mas o detalhe dessa discussão entre os dois “amigos” socialistas, de acordo com a fonte, é que Luciano Agra depois de ter deixado transparecer publicamente a sua “raiva” teria voltado atrás da decisão, porém “já era tarde e Inês estava morta”.

Segundo a fonte, Ricardo Coutinho  teria dito que a partir daquele momento o prefeito Luciano Agra não era mais o nome escolhido dos “Girassóis” para disputar a prefeitura da Capital. O motivo seria o fato de ele ter divulgado a nota, “emotiva”, desistindo publicamente de ser candidato.

A fonte foi mais além e disse que o governador Ricardo Coutinho foi duro e enfático com o “amigo” socialista Luciano Agra: “Vou mostrar que farei o prefeito de João Pessoa, independente de você”.

Até onde se sabe, essa é realmente a forma que o atual governador costuma tratar os seus “súditos”. Mas até onde esse “poder” que ele acha que tem vai chegar?

Chamei o prefeito Luciano Agra de “mal AGRAdecido”, por que ele, durante o lançamento da candidatura da jornalista Estelizabel Bezerra como pré-candidata de Ricardo Coutinho à prefeitura de João Pessoa, esqueceu de agradecer ao seu mentor,idealizador, parceiro, chefe ou qualquer outro adjetivo que possa se aproximar ao nível de “amizade” que havia entre os dois.

Luciano Agra agradeceu à família, aos amigos e enigmaticamente à imprensa com a seguinte frase: “Agradeço a imprensa do meu estado que me ajudou a abrir os olhos. Vocês pensam que não foram vocês?”.

Muitos acreditam, sou um deles, que agora, de olhos abertos, o prefeito Luciano Agra deverá realmente ver que “contra fatos não há argumentos!”




tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share