> NOTÍCIA

Publicado em 09/10/2017 21h46
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Temer determina auxílio aos afetados pelo ataque à creche

O presidente pediu que fossem providenciados equipamentos para otimizar o atendimento no João XXIII. Ele também pediu atenção do ministro aos hospitais em Janaúba que também atendem vítimas da tragédia.

O presidente da República, Michel Temer, pediu aos ministros da Saúde, Ricardo Barros, e da Educação, Mendonça Filho, esforços no auxílio aos afetados pela tragédia em Janaúba (MG). Para Mendonça Filho, Temer pediu esforços para auxiliar na reforma da creche Gente Inocente. A ideia é liberar recursos para ajudar na reativação da creche.

Já para o ministro da Saúde, Temer pediu auxílio ao Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O hospital é referência no atendimento a queimados e recebe vítimas da tragédia em Janaúba. O presidente pediu que fossem providenciados equipamentos para otimizar o atendimento no João XXIII. Ele também pediu atenção do ministro aos hospitais em Janaúba que também atendem vítimas da tragédia.


Tragédia

Na manhã da última quinta-feira (5), o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, entrou na creche, onde trabalhava, e ateou fogo em crianças e nele mesmo. O vigia também morreu, assim como a professora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que tentou impedi-lo fisicamente e ajudou no resgate de crianças. Até o momento, nove crianças morreram, além da professora e de Damião. Dezenas de pessoas ficaram feridas no ataque.

Segundo o prefeito do município mineiro, Carlos Isaildon Mendes, existe um plano em andamento para reformar a creche. À Agência Brasil, o prefeito informou que um grupo de empresários da região de Montes Claros e Janaúba se prontificou a fazer a reforma da creche. O prazo estimado para reinauguração da creche, segundo o prefeito, é de 80 dias.

Ontem (8), Temer concedeu a Ordem Nacional do Mérito a Heley Batista. A honraria foi concedida em homenagem ao ato de heroísmo da professora. “Este é o caso da professora Heley Batista, que sacrificou sua própria vida para salvar a vida de seus alunos, em um gesto de coragem e de heroísmo que emocionou a todos”, diz uma nota divulgada pelo Palácio do Planalto.

 

Fonte:Marcelo Brandão – Repórter da Agência Brasil

Edição: Denise Griesinger

 

Publicidade:

 


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share