> NOTÍCIA

Publicado em 11/01/2018 14h59
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Safadão: Zenóbio é criticado por deputado por pagar cachê milionário a Wesley

Raniery Paulino diz que deve haver racionalidade em época de crise, apesar da grandiosidade do evento

Por Fatospb

O deputado Raniery Paulino (PMDB), reconhecidamente um dos principais adversários políticos da família Toscano em Guarabira, criticou o prefeito Zenóbio Toscano por pagar um cachê milionário (R$315 mil) ao cantor Wesley Safadão, misto de forrozeiro de plástico com arrocha e sertanejo, para cantar por algumas horas na festa da padroeira da cidade, a famosa Festa da Luz, em época de crise.

“ A festa da luz é um evento importante e grandioso, mas também diante do momento em que o Brasil, o Nordeste, a Paraíba e Guarabira vivem, requer racionalidade. Um cachê para apenas uma atração de R$ 315 mil é, de fato, um volume de recursos muito grande, especialmente quando são recursos próprios”, lembrou o parlamentar.

Raniery Paulino continua as críticas ao atual prefeito de Guarabira enfocando que Zenóbio sequer construiu uma casa popular na atual gestão e lembra que a ex-prefeita, Fátima Paulino, que por sinal vem a ser a mãe do parlamentar, construiu, na gestão anterior a de Zenóbio, 500 moradias populares.
“Lamento o fato do prefeito de Guarabira não ter construído uma casa popular sequer. Fátima Paulino fez 500, por exemplo, e ele não fez nenhuma nessa gestão atual. Quantas casas populares não dariam para construir na cidade de Guarabira, por exemplo, com esse dinheiro?”, indaga o parlamentar.

Raniery disse por fim que a atual gestão deveria eleger prioridades e agir com a razão. “Deveria se buscar racionalidade diante dessa crise. Acredito que a gestão municipal deveria eleger prioridades voltadas sempre para o bem da maioria, o bem comum”, finalizou.

 

Matéria relacionada

Safadão: Zenóbio vai pagar R$ 315 mil de cachê para Wesley cantar na Festa da Luz

 

 

Fonte: Redação

tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share