Joanildo Mendes

Joanildo Mendes

Joanildo Mendes, pessoense. Formado em Jornalismo na UFPB. 1985/1989 - Jornal O Momento (Repórter, redator e editor adjunto). 1986/1990, TV Cabo Branco, (Repórter, redator, editor setorial). 1989 - Veja 28 Graus. 1990 - editor da TV Potengi/RN. 1991 - Editor TV Tambaú. 1994 - Editor de A União. 1995 – chefe de redação de O Norte. 1999 - Editor revista A Semana e redator da Arapuan FM. 1999 - Assessor Incra/NE. 2003 - Editor de O Norte e Diário da Borborema. 2009 - Diretor do Portal Fatos PB.

> ARTIGO

Publicado em 01/02/2018 13h49
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Cássio pode ser o nome das oposições?

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) vem usando o estilo mineiro e tucano de fazer política, às vezes em cima do muro e em outras ocupando, nos bastidores, o terreno deixado pelas lideranças que aos poucos deixam de lado o projeto de uma candidatura única das oposições. A oposição, ao invés de se unir, já lançou os nomes do senador José Maranhão (PMDB) e dos prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), e de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) para disputar a cadeira do Palácio da Redenção.

Essa disputa interna da oposição, que faltando poucos meses para as eleições não chega a um consenso, poderá levar o senador tucano a surgir como o salvador da pátria oposicionista. Aquele que poderá unir todos que fazem oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB).
 
Aos poucos, os que fazem oposição ao pré-candidato João Azevedo (PSB), vêm perdendo força ao afastarem uma união das oposições que poderia colocar em risco o projeto do governador em fazer o sucessor.

Nos bastidores já se defende a tese de uma possível desistência de todos os pré-candidatos, logo após o carnaval, para unirem força em nome do senador Cássio. Seria uma forma de evitar ainda mais o desgaste que a oposição vem sofrendo por conta dessa briga pelo poder dos partidos oposicionistas.

Se isso vir a acontecer, segundo fontes ligadas ao ninho tucano, será uma forma de realmente unir as oposições, pois teria um nome realmente forte e consolidado para brigar pelo governo na próxima eleição, uma vez que o senador Cássio é atualmente o maior adversário político do governador Ricardo Coutinho.

O problema é que com o trabalho desenvolvido pelo atual governo, tendo o secretário João Azevedo como um dos alicerces das ações desenvolvidas na Paraíba, não será nada fácil o embate eleitoral, principalmente quando a campanha realmente começar e os eleitores começarem a comparar os governos do tucano com o governo socialista.

Por enquanto eles estão se guardando para quando o carnaval passar. Mas até lá muitas águas vão rolar...


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share