> NOTÍCIA

Publicado em 02/07/2018 15h21
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Alternativas de tratamento e terapias para pessoas no espectro do autismo em debate

‘Out of the Box – Repensando o Autismo’, promovido pelo Instituto Revertendo o Autismo (IRA), terá palestras de diversos profissionais da área de saúde e educação

Por Assessoria

O Instituto Revertendo o Autismo (IRA) traz para João Pessoa o projeto ‘Out of the Box – Repensando o Autismo’. O evento acontecerá dia 22 de julho, no Espaço Cultural, e contará com palestras e debates de profissionais renomados para discutir novas abordagens para compreender e repensar o transtorno do espectro do autismo (TEA).

“Já está estabelecido que o autismo é um espectro e que, para além das semelhanças que unificam as pessoas no grande e variado ‘guarda-chuva’ do TEA, podemos afirmar que cada autista é único com sua individualidade e particularidades. Já no âmbito do tratamento, observamos um cenário confuso, pois parece difícil, ainda hoje, aceitar que essa mesma diversidade encontrada nos indivíduos autistas possa se expressar também na sua abordagem terapêutica. No nosso entendimento, essas abordagens também são diversas. Nos últimos anos houve uma avanço considerável na compreensão e no tratamento do transtorno e é para falar sobre esses avanços que estamos trazendo esses profissionais, pela primeira vez, à Paraíba”, explicou o diretor do IRA, Moisés Anton.

As inscrições para participar do evento estão abertas e devem ser feitas por email (cursosira@gmail.com). Podem participar profissionais da área de saúde, educação e o público em geral. No caso dos profissionais e público em geral será cobrada uma taxa de R$ 100. Já os familiares de pessoas no espectro autista (mães e pais) pagarão uma taxa de R$ 70. O evento será realizado na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, em João Pessoa, das 8h às 18h.

O projeto – A primeira edição do ‘Out of the Box – Repensando o Autismo’ aconteceu em Recife (PE) e contou com profissionais como Patrícia Piacentini, pioneira na implementação do modelo DIR/Floortime no Brasil, Camila Milagres, médica ortomolecular e fitoterapeuta, Maria Rosa Etcheverry, nutricionista funcional, ortomolecular e fitoterapeuta e Vinicius Barbosa, psiquiatra da infância e adolescência e pesquisador do uso endocabinoide em pessoas com autismo. Nesta versão em João Pessoa, contaremos, ainda, com a participação de Carol Mota, pedagoga, e de Júlio Lima, ortopedista, de Paulo Lucena, neurologista, da Liga Canábica e da Associação Brasileira de Apoio Cannabis Esperança (Abrace).

O IRA – Fundado em 2015, o Instituto Revertendo o Autismo (IRA) é uma Organização Não-Governamental (Ong) que funciona em Cabedelo, região Metropolitana de João Pessoa, e atende gratuitamente crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Além disso, os profissionais voluntários que atuam no Instituto oferecem apoio às mães e familiares dos beneficiados.

Fonte: Assessoria de Comunicação

tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share