> NOTÍCIA

Publicado em 02/08/2018 19h18
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

JP atinge meta de vacinação contra a gripe do Ministério da Saúde

A vacinação é a melhor forma de fortalecer a prevenção das doenças imunopreviníveis, evitando as internações e mortalidade ocasionadas pelo vírus da Influenza

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), atingiu a meta de vacinação preconizada pelo Ministério da Saúde na prevenção contra a gripe. A campanha teve início no dia 23 de abril até o dia 15 de junho, com a meta de vacinar 90% das 196 mil pessoas que integram os grupos considerados prioritários pelo Ministério da Saúde (MS).
 
A cobertura atingiu 90,44% da população da Capital, com 198 mil doses aplicadas, entre os grupos prioritários, com comorbidade e outros grupos definidos pelo MS. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (Influenza A/H1N1; Influenza A/H3N2 e Influenza B).
 
De acordo com o coordenador de Imunização da SMS, Fernando Virgolino, mesmo após o período de campanha, com a oferta da vacina, os profissionais de saúde faziam o trabalho de orientação e conscientização sobre a importância para a prevenção nas Salas de Vacina da rede municipal. “A melhor forma de cuidado é a preventiva, para evitar o adoecimento ou quaisquer formas mais graves da doença, portanto fazemos um trabalho educativo sobre prevenção nos serviços de saúde, onde também ofertamos as vacinas”, disse.
 
Compõem o público-alvo da vacinação contra Influenza: idosos a partir de 60 anos, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e integrantes do sistema prisional. “Após o período de campanha, o Ministério da Saúde orientou a ampliação da vacina para faixa etária de cinco a nove anos e 50 a 59 anos”, explicou Fernando Virgolino. Para ser vacinado, é preciso comprovar que está inserido em um dos grupos.
 
Dados – Segundo a Gerência de Vigilância Epidemiológica (Viep) da SMS, este ano já foram notificados 165 casos de síndromes gripais em João Pessoa. Destes, 16 casos foram confirmados como influenza A e 123 de Sindrome Respiratória Aguda Grave não específica, que causa infecções das vias respiratórias superiores e 20 casos estão em investigação.
 
A vacinação é a melhor forma de fortalecer a prevenção das doenças imunopreviníveis, evitando as internações e mortalidade ocasionadas pelo vírus da Influenza.

 

Fonte: Secom-JP


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share