> NOTÍCIA

Publicado em 09/08/2018 11h06
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Delegado paraibano da "cagaço" no prefeito de Natal e solta sem teto "cagão"

Despacho do delegado ganhou as redes sociais e os veículos de comunicação

Por Assessoria

O  jornalista e escritor paraibano, delegado de polícia há 17 anos no Rio Grande do Norte, Aldo Lopes de Araújo, ganhou notoriedade nacional ao dar um “cagaço” na administração pública municipal da Capital norteriograndense ao dar um despacho liberando um morador de rua que foi levado à delegacia pela Guarda Municipal pelo fato de ter feito necessidades fisiológicas dentro de uma creche na tarde do último domingo.


O despacho ganhou as redes sociais e depois foi parar nos meios de comunicação. Na manhã desta quinta-feira, 9, por exemplo, o jornalista Ricardo Boechat leu o despacho na Band News levando o humorista José Simão às gargalhadas.


Levado à delegacia por ter feito cocô ao lado do muro interno de uma creche, um morador de rua foi liberado pelo delegado de plantão Aldo Lopes de Araújo.O fato seria corriqueiro, mas a decisão do delegado justificando a liberação foi no mínimo hilária.

Confira o despacho dp delegado:

“A cagada maior é dos administradores, a partir do momento em que não cuidam direito da segurança do prédio, um espaço destinado a prestar serviço público. Trata a presente ocorrência de uma cagalança geral: do prefeito ao secretário, passando pelo diretor do órgão, pelo vigilante de faz-de-conta, pelos membros da Guarda Municipal que conduziram um homem inocente até esta delegacia, e porque não dizer da parte deste delegado, ora fazendo uso de linguagem pouco usual, porém vigorosa, para redigir o presente despacho”
“Trata-se de um brasileiro em típico estado de necessidade. Ele não tem casa, nem privada onde possa ‘arriar o barro’, como se diz lá em nós”.

O paraibano de Princesa Isabel, Bacharel em Direito,aprovado, classificado e nomeado em concurso público como Delegado da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, é um escritor premiado nacionalmente  que em 2004 levou o prêmio literário Câmara Cascudo, com o romance “O Dia dos Cachorros” ..

 

Fonte: Redação

tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share