Renato Caldas

Renato Caldas

> ARTIGO

Publicado em 23/10/2013 14h33
  • Tamanho da letra
  • A-
  • A+

Inteligência Espiritual e Vida Espiritual

O debate aberto no início  do século XXI concentrou-se em identificar outra forma de inteligência,a  espiritual existencial  ou transcendente que,no caso de existir ,ampliaria significamente  o mapa das  inteligências  múltiplas  de Howard Gardner.

Segundo os cientistas  Zohar e Marshall(1997),a inteligência espiritual complementa a inteligência emocional e lógico-racional,e capacita para enfrentar e transcender o sofrimento e a dor,e para criar valores; ela permite encontrar o significado e o sentido de  nossos atos.

Propriamente o termo Inteligência Espiritual foi cunhado por estes dois  pesquisadores.

A Inteligência Espiritual permite atingir os significados  profundos, considerar  os fins da existência e suas mais elevadas  motivações.É a inteligência  do eu profundo que se coloca diante das  questões sérias e,a partir delas,busca respostas plausíveis e razoáveis .

A inteligência espiritual segundo Francesc Torralba,  para  além das distintas e ricas caracterizações que foram esboçadas,é especificamente humana,e faculta para aspirações profundas e íntimas,para desenvolver uma visão da vida e da realidade integrada,conectando,transcendendo  e dando sentido á existência.

Robert Emmons(2000) define a inteligência espiritual como a capacidade que  abarca a transcendência humana ,o sentido do sagrado  e os  comportamentos virtuosos.

De acordo com ele, a inteligência espiritual dá poder para perceber o mundo físico  e cotidiano  e para desenvolver uma percepção mais elevada de si mesmo, assim como do mundo circundante.

Em sua obra  O poder da inteligência espiritual,  Tony Buzan (2001) afirma  que,desenvolvendo tal tipo de inteligência ,podemos relacionar-mos  mais profundamente com aqueles que nos rodeiam ,desenvolver uma atitude solidária  e aumentar nosso rendimento.

Frances Vaughan(2002) define-a como  a vida interior  da mente e do espírito,e sua relação  com o estar no mundo.

David .King(2007) considera que a inteligência espiritual nos torna aptos para  quatro  atividades.Capacita para o pensamento existencial e crítico,para contemplar criticamente a natureza  da existência, a realidade,o universo,o espaço ,o tempo.

Sing G.(2008),por sua vez,concebe-a como uma   habilidade inata para pensar  e para compreender  o fenômeno espiritual  e para orientar  a existência cotidiana a partir  de uma sabedoria  livremente escolhida  pela pessoa.

O ser humano é capaz de vida espiritual em virtude  de  sua inteligência espiritual  ,pelo fato de que ele tem capacidade para um  tipo de experiência,de questionamentos,de movimentos e  de  operações que  só acontecem nele e que,longe de afastá-lo  da realidade,do mundo,da corporeidade e da natureza,permitem-lhe  vivê-la com mais intensidade ,com mais penetração ,mergulhando em seus níveis mais profundos.

A vida espiritual não é uma vida paralela á vida corporal.Está intimamente ligada a ela. Quem a cultiva,vive mais   intensamente  cada sensação ,cada contato ,cada experiência,cada relação interpessoal.

A inteligência espiritual nos move a elaborar questões existenciais e a viver experiências que transcendem os limites habituais dos sentidos,e conectam com o fim último da realidade  e nos aproximam da descoberta do verdadeiro potencial  de cada um.

  A vida espiritual não é patrimônio das pessoas religiosas.Todo ser humano ,pelo simples fato de existir, é capaz de vida espiritual,de cultivá-la dentro e fora do âmbito das religiões.Em virtude de sua inteligência espiritual ,tem necessidade de dar  um sentido á sua existência e ao mundo em que vive,experimenta sua existência como problemática e necessita pensar o que deve fazer com ela.

A vida espiritual é o produto da inteligência espiritual. 

Agostinho de Hipona afirma,que somos seres  finitos abertos ao infinito,seres efêmeros  abertos á eternidade,seres relativos abertos ao absoluto.Esta abertura é consequência da inteligência espiritual,   da forma  mais elevada de inteligência que se desenvolveu ao longo    da evolução.

A espiritualidade é inerente á pessoa assim como é sua corporeidade  ,sua sociabilidade  ou sua natureza emocional.Nenhum ser humano pode viver  sem esta dimensão ,especialmente se lida com profundas motivações e convicções.

Segundo o teólogo suíço  Hans Urs Von Balthasar ,a espiritualidade é  a atitude básica,prática ou existencial própria do ser humano ,é uma conformação atual e habitual de sua vida  a partir de sua visão e de sua decisão objetiva e  última.

Renato Caldas Lins
Professor e Escritor
Lins.rc@hotmail.com
    
    

 


tags
Nenhum resultado encontrado.

Comentar

Bookmark and Share