Ferramenta

Corregedoria de Justiça implanta Central de Chamados

A nova ferramenta vai permitir mais eficiência e agilidade as respostas da Corregedoria aos seus usuários.

12/08/2019 13h24Atualizado há 2 meses
Por: da Redação
Fonte: Assessoria
A Corregedoria-Geral da Justiça implantou, nesta segunda-feira (12), a Central de Chamados. Com esse serviço, o órgão correcional busca atender as solicitações dos magistrados e servidores do Poder Judiciário estadual, além do público externo, especialmente os delegatários dos serviços dos Cartórios Extrajudiciais. A nova ferramenta vai permitir mais eficiência e agilidade as respostas da Corregedoria aos seus usuários.
 
Para acessar o serviço, o interessado deverá entrar no próprio site da Corregedoria-Geral da Justiça, através do endereço eletrônico www.corregedoria.tjpb.jus.br. No banner, Setor de Atendimento, o usuário enviará sua solicitação para as gerências de Fiscalização Judicial ou de Fiscalização Extrajudicial, bem como à Comissão Estadual Judiciária de Adoção (Ceja), informando seu nome; CPF; e-mail; telefone; assunto; e descrevendo as suas necessidades e dúvidas sobre os cadastros do Conselho Nacional de Justiça e serviços da Gerência Extrajudicial.
 
“Com essa ferramenta, a Corregedoria vai poder ter todas as respostas fornecidas numa base de dados, bem como fazer o sistema de estatística, com relação aos questionamentos, e procurar aprimorar, cada vez mais, a informação que está sendo prestada aos usuários”, disse o juiz-corregedor Antônio Silveira Neto.
 
A partir de agora, magistrados e servidores do Judiciário estadual poderão acompanhar e saber, depois de aberto o chamado, em quanto tempo vai durar sua consulta e se a resposta já foi informada. “É um sistema que visa organizar a atividade que já existe na Corregedoria, mas que é prestada, em algumas vezes, de maneira deficitária, por meio de ligação telefônica e mensagens eletrônicas. Com esse mecanismo, passaremos a ter tudo registrado e feito de uma maneira mais rápida e eficiente”, enfatizou o juiz-corregedor.
 
Ainda segundo Silveira, a implantação vai ao encontro das metas propostas pelo Corregedor-Geral da Justiça, desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, para o biênio 2019/2020, que é de oferecer serviços à população de forma célere e contínua. “Essa é a filosofia de trabalho do desembargador Romero Marcelo, ou seja, aperfeiçoar e melhorar os serviços prestados pela Corregedoria aos usuários, com o uso de modernas ferramentas de informática”, afirmou.
 
Um outro ponto importante dessa ferramente é que o público externo poderá utilizar, também, o serviço, especificamente, para as filas de chamados da Ceja e dos cartórios extrajudiciais.“Vamos ter todo o controle gerencial e saber quais os serviços são mais solicitados”, explicou o gerente de Expediente da Corregedoria, Giuseppe Guido. 
 
Ele ressalta, ainda, que, após o registro do Chamado, será enviado um protocolo de atendimento para o e-mail institucional do usuário (interno ou externo), com informações acerca da abertura da solicitação. 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias