ALPB

Assembleia comemora 70 anos da Faculdade de Direito da Paraíba

O diretor do CCJ da UFPB, professor Fredys Orlando Sorto, agradeceu o apoio dos parlamentares e a valorização da história do curso.

15/08/2019 20h24
Por: da Redação

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) comemorou, nesta quinta-feira (15), durante sessão especial, no plenário da Casa, os 70 anos da Faculdade de Direito da Paraíba, 30 anos do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) e 10 anos do Departamento de Ciências Jurídicas (DCJ) da Paraíba. O evento, proposto pelo deputado Tovar Correia Lima (PSDB), contou com a participação de profissionais e acadêmicos da área que, na ocasião, foram homenageados pelos serviços prestados.
 
De acordo com Tovar, o curso de Direito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) formou personalidades que participam ativamente da vida política, literária e acadêmica do estado. “Nós fizemos essa sessão justamente para celebrar os 70 anos da faculdade, recebendo professores e alunos, inclusive, recém-formados que fazem questão de estar aqui para agradecer aos mestres que aqui palestraram. Enfim, é uma importância muito grande estarmos sempre vivos na memória, para quem construiu o nosso estado”, afirmou.
 
O diretor do CCJ da UFPB, professor Fredys Orlando Sorto, agradeceu o apoio dos parlamentares e a valorização da história do curso. “Esse reconhecimento da Casa do Povo da Paraíba é muito bem-vindo num momento de extrema dificuldade e gravidade,p pelo qual que passa o ensino público. A Faculdade de Direito completa 70 anos de sucesso e de prestígio não só na Paraíba, mas em nível nacional. Nós estamos no topo das melhores universidades do Brasil, formamos os quadros mais importantes da administração do Estado e temos muito orgulho disso”, declarou.
 
Também participaram da sessão especial os deputados Anderson Monteiro, Cabo Gilberto Silva e Camila Toscano; o pró-reitor de Administração da UFPB, professor Aluísio Lins Souto; o presidente da Comissão da Jovem Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Rafael Targino; ex-professoras de Direito da UFPB, Ofélia Gondim e Maria do Livramento; o defensor público Francisco Freire; e o secretário legislativo da ALPB e ex-aluno de Direito da UFPB, Guilherme Benício.
 
História
 
Durante muito tempo, o curso de Direito da UFPB foi o único no Estado, tendo iniciado suas atividades em 1949. Inicialmente fundado como um curso da Faculdade de Direito da Paraíba, instituição privada no Centro de João Pessoa, contava com o trabalho de destaques no mundo jurídico, a exemplo do professor e desembargador Mário Moacyr Porto.
 
Setenta anos depois, continua educando nomes com importante atuação e sendo referência em avaliações e premiações da OAB. A integração do curso à UFPB aconteceu em 1955, enquanto graduação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA). A criação do CCJ se deu em 1989.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias