Opinião

Carros até quando...?

O crescimento vertiginoso das frotas de veículos verificado anualmente nas cidades brasileiras é algo profundamente preocupante.

Maurício Montenegro

Maurício MontenegroMaurício Montenegro. Natural de Taperoá, interior paraibano, estudou no Lyceu Paraibano e no Colégio Diocesano Pio X e se formou em Engenharia pela Escola de Engenharia da UFPB Turma de 1966. Foi por muitos anos chefe de Departamento da extinta Saelpa.

11/09/2019 13h13
Por: da Redação

O número de automóveis tem apresentado um incremento cada vez maior quase em proporção geométrica em virtude do aumento populacional e das facilidades para aquisição desses bens oferecidas pelos fabricantes.

O resultado, como não poderia ser diferente, são os engarrafamentos cada vez mais frequentes já que não há um crescimento correspondente do sistema viário capaz de atender o volume de tráfego gerado.

Este fenômeno nos leva a concluir que muito em breve num futuro que não está distante não haverá espaço para a circulação dos veículos e todos ficaremos imobilizados. Não tardará o dia que todas as ruas estarão tomadas e seu carro não irá a lugar nenhum.

Tomando João Pessoa como paradigma façamos um exercício futurista.

João Pessoa tem uma superfície de 210 mil quilômetros quadrados dos quais aproximadamente 25% podem ser ocupados por logradouros.

Considerando uma plataforma para calçadas e leito estradal de 10 metros de largura ter-se-á a possibilidade de acomodar 5.300 km de ruas.

Levando-se em conta um comprimento médio dos veículos (Caminhões, automóveis e ônibus) de8,0 metros e que eles sejam enfileirados com um espaçamento de 1,0 metro entre cada um teremos uma linha formada por 656.000 veículos ocupando todo espaço disponível da área territorial da capital presente e futura.

Dados do DETRAN PB registram em João Pessoa, em  2013, a marca de 285.000  veículos significando um aumento de 181% em relação aos 100.000 matriculados no ano 2000.

Mantendo-se a mesma taxa de crescimento da frota e permanecendo o mesmo sistema viárioé possível deduzir e projetar a data do caos que deverá ocorrer entre 2025 e 2030 caso não se adotem medidas drásticas. 

Umpaliativo para adiar o apocalipse será a interiorização da Capital como sugerem alguns urbanistas, por exemplo, Taperoá que tem 640.000 quilômetros quadrados de território.

Brincadeiras a parte a solução requer um somatório de providências (voltarei ao assunto) que passa por um transporte público de qualidade propiciando a retirada dos carros das ruas e mais do que nunca adoção de programas ousados de educação para o trânsito.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
João Pessoa - PB
Atualizado às 02h26
23°
Nuvens esparsas Máxima: 29° - Mínima: 22°
23°

Sensação

11 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
Convite para anunciar no portal
Blogs e colunas
Jusconciliar
Revista Spicy Fire
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
Cursos
Garota de Fatos
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias