Caravana

Caixa de Assistência dos Advogados interioriza suas ações e serviços

No final da quarta-feira a Caravana da CAA-PB segue para Cajazeiras, onde ficará até a sexta-feira (11)

05/10/2019 10h50
Por: da Redação
Fonte: Cristiano Teixeira/Assessoria
Comandada pelo presidente Assis Almeida, a Caravana da CAA-PB estará em Patos
Comandada pelo presidente Assis Almeida, a Caravana da CAA-PB estará em Patos

A Caixa de Assistência dos Advogados da Paraíba (CAA-PB) dá sequência, depois de Campina Grande, nesta segunda-feira (07), a sua Caravana de Interiorização para levar ações e serviços aos advogados e advogadas da região do Sertão paraibano, a partir das Subseções da OAB de Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras.

Comandada pelo presidente Assis Almeida, a Caravana da CAA-PB estará em Patos, na segunda-feira (07), onde, juntamente com a diretoria da Subseção e da CAA da localidade, estará à disposição da advocacia patoense durante todo o dia e noite. Já na terça-feira (08), a comitiva da Caixa de Assistência estará em Pombal, seguindo no final da tarde para Sousa, onde permanecerá até o final da quarta-feira (09).

No final da quarta-feira a Caravana da CAA-PB segue para Cajazeiras, onde ficará até a sexta-feira (11). Em Cajazeiras, além de disponibilizar serviços da Instituição em prol da advocacia, Assis Almeida participará do III Encontro Nacional da Advocacia do Sertão, que acontecerá nos dias 10 e 11.

Assis Almeida destaca que uma gama de serviços e benefícios estará à disposição da advocacia de cada Subseção, em parceria com a Seccional Paraibana (OAB-PB), os quais serão levados para as demais Subseções em datas a serem marcadas.

 

"A estratégia da nossa gestão é, juntamente com a Seccional, interiorizar as nossas ações para atender aos profissionais e levar os mais variados produtos e serviços para a advocacia de todo o Estado, valorizando o profissional, prestando a devida assistência para aprimorar a realização do seu trabalho", enfatiza Assis Almeida.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias