Atividades

Tecendo Redes: projeto capacita profissionais de segurança em Patos

A capacitação atenderá cerca de 20 municípios da região de Patos e Princesa Isabel. Neste ano, mais de 500 profissionais já passaram pela capacitação.

07/10/2019 20h37
Por: da Redação
Foto: ReporterPB.com.br
Foto: ReporterPB.com.br

Mais de 150 profissionais da segurança pública e técnicos especializados em violência doméstica contra mulheres serão capacitados a partir desta terça-feira (8), no auditório do Sebrae, das 8h às 16h, em Patos, dentro do Projeto Tecendo Redes. A capacitação atenderá cerca de 20 municípios da região de Patos e Princesa Isabel. Neste ano, mais de 500 profissionais já passaram pela capacitação.
 
A atividade é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social via Coordenação de Delegacias Especializadas de Mulheres (CoorDeam), Delegacia de Polícia Civil de Patos, Companhia de Policiamento Regional da Polícia Militar e Centro Integrado de Operações da Polícia Militar.
 
“Nessa etapa vamos atingir todos os municípios do Sertão com foco na Lei Maria da Penha e o atendimento humanizado para mulheres vítimas de violência sexual e doméstica. Nessa iniciativa vamos preparar os profissionais para lidar com os casos para evitarmos mortes e garantir agilidade no atendimento”, afirma a gerente executiva de Equidade de Gênero da Semdh, Elinaide Carvalho.
 
As cidades atendidas serão: Areia de Baraúnas, Cacimba de Areia, Cacimbas, Condado, Desterro, Mãe D’Água, Maturéia, Patos, São Mamede, Teixeira, Quixaba, Salgadinho, Santa Terezinha, São José de Espinharas, São José do Bonfim, e Vista Serrana, Princesa Isabel, Imaculada, Jurú, Água Branca, Manaíra, São José de Princesa e Tavares.
 
Segundo a coordenadora das Delegacias Especializadas de Mulheres, delegada Maísa Félix, a capacitação é uma continuidade das ações do governo e pretende sensibilizar profissionais que atuam nos serviços de atendimento à população, como assistentes sociais, psicólogas, assessores jurídicos, que atuam nos Cras e Creas, Conselhos Tutelares, agentes de saúde, coordenadores de escolas, Secretarias de Saúde e Educação, lideranças comunitárias, sindicatos, e equipes de Fóruns da Justiça e Ministério Público.
 
 
TECENDO REDES SERTÃO
 
Locais:
Patos e Princesa Isabel - 08.10.2019
Sousa e Catolé do Rocha - 17.10.2019
Cajazeiras e Itaporanga - 22.10.2019

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias