Debate

Polêmicas ciclovias colocadas por Cartaxo em Manaíra acabam chegando na Assembleia

Proposta da sessão especial foi feita pelo deputado Walber Virgulino

10/10/2019 14h32
Por: da Redação
Fonte: Redação com agência ALPB/Foto Romeu Lemos
As ciclofaixas colocadas pela PMJP são tema de debate na AL
As ciclofaixas colocadas pela PMJP são tema de debate na AL

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) debateu durante sessão especial, nesta quinta-feira (10), os efeitos das alterações realizadas pela Prefeitura Municipal na orla de João Pessoa, no trecho do bairro de Manaíra, para instalação da ciclofaixa. A sessão foi proposta pelo deputado Wallber Virgolino.
 
Recentemente, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou mudanças no trecho que interliga as vias da orla de Tambaú à Avenida Flávio Ribeiro Coutinho para a instalação da ciclofaixa. Tendo em vista os impactos na mobilidade urbana da região, o deputado Wallber Virgolino, através do debate com especialistas em trânsito, buscou apresentar soluções que possam atender às reivindicações de moradores, comerciantes e condutores.
 
Para Wallber Virgolino, é necessário que a população que reside na área seja chamada a participar de um diálogo mais amplo e que aponte soluções para diminuir os transtornos causados. “A Assembleia é palco sempre de discussões que envolvam o interesse da sociedade. Infelizmente essas alterações no trânsito da Avenida João Maurício, no bairro de Manaíra, foram feitas sem que fossem escutados os comerciantes e representantes da população. Essas pessoas vieram à Casa e nós, de forma responsável, estamos aqui para debater e encontrar soluções”, pontuou o deputado.

O deputado defende a apresentação das demandas da população da área aos órgãos de trânsito da PMJP para juntos encontrarem medidas que possam atender melhor a necessidade de todos. “Queremos encontrar uma solução viável, para a população, ciclistas e, sobretudo, para a população que mora na região e para classe empresarial”, declarou Wallber Virgolino.
 
O deputado Anderson Monteiro lembrou que o plenário da Casa de Epitácio Pessoa é o palco ideal para debater os anseios da população e apresentar melhorias para o desenvolvimento do estado. Preocupado com as reivindicações apresentadas por parte do empresariado da orla de Manaíra, o parlamentar destacou que o poder público não pode dificultar a atuação de quem quer empreender e gerar emprego.
 
“Falamos muito em empreendedorismo e nas dificuldades que prejudicam aqueles que querem empreender. Todos sabem o quanto é difícil empreender nesse país, os entraves burocráticos, falta de estímulos e o quanto é preciso ser dinâmico para ter sucesso. Desta forma, ficamos tristes quando empresários apontam a falta de diálogo com o poder público estado”, disse Anderson Monteiro.
Ainda segundo o deputado, alguns empresários do local relatam perdas de até 60% no faturamento. “Temos que ver a realidade de cada um e é muito importante que esse debate seja feito aqui. Parabenizo o deputado Wallber pela iniciativa e defendo que saiamos daqui com a formulação de um documento e encaminhá-lo à SEMOB-JP (Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa)”, afirmou Anderson Monteiro.
 
O empresário Felipe Gaudêncio ressaltou que o motivo da audiência pública não é o  enfrentamento à PMJP, mas mostrar a situação de comerciantes que estão perdendo até 50% do seu faturamento pela inexistência de estacionamento. O empresário disse ainda que até o fluxo de pessoas que caminham pela orla naquela região diminuiu e a falta de estacionamento prejudicou também pessoas que têm problemas de mobilidade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias